Qual bicicleta Specialized escolher? /Which Specialized bike to choose?

Para uma prova de gran fondo ou ciclismo de longa distância, a escolha de uma bicicleta adequada é quase tão importante quanto a preparação física. O equipamento correto permite que você tenha a ferramenta certa e consiga pedalar com conforto  e desempenho, sem dores extras.

Quando falamos de modelo ideal, não queremos dizer de um modelo específico, mas sim, dentro das possíveis escolhas, aquela que mais se encaixa com o perfil de ciclista, é fundamental levar em conta a forma de pedalar e a maior relevância para cada um, afinal é a simbiose humana e máquina.

A Specialized tem três linhas que são indicadas para provas longas de estrada, Tarmac, Roubaix e a Allez.  Quais as principais diferenças entre elas?

– Tarmac :  composta por oito modelos, entre masculinas e femininas, essa bicicleta chegou a vitória nos três grandes tours, é a máquina do carismático tri campeão Peter Sagan. A Tarmac é uma bicicleta com condução mais agressiva, respostas rápidas, especialista em subidas e alto desempenho nas curvas, a performance tem um peso maior que o conforto, material e tecnologia de ponta, diferenciando os componentes por modelo, versão high end Sworks Tarmac Sagan Superstar.

– Roubaix / Ruby –  A prova de um dia Paris – Roubaix realizada no norte da França, é famosa pelas ruas pavimentadas de paralelepípedos, e que os ciclistas sofriam demais, esse modelo prima pela alta tecnologia dos materiais, desempenho mas principalmente pelo conforto da pilotagem, o objetivo principal é que a absorção de impactos (Future Shock) permita uma condução mais suave mas sem perder demasiada performance, uma bicicleta de endurance, versão high end  Maclaren, uma obra prima com muita tecnologia e gadgets.

– Allez – A família Allez é uma das mais tradicionais da Specialized, disponível no Brasil em cinco versões e a opção somente do quadro. É o resultado de anos de experiência com o alumínio, deixando o material mais confortável e consideravelmente mais rígido, o modelo fica entre a performance e o conforto, a versão em destaque é a Sprint com tecnologis DSW, que posiciona a solda onde é necessário.

Fora toda essa tecnologia dessas máquinas, elas são incrivelmente lindas, agora a maior dificuldade vai ser qual escolher para estar na linha de largada do GFNY Brasil 2018.


For a gran fondo or a long distance bike race, choosing the right bicycle is almost as important as your physical preparation. The correct equipment allows you to have the proper tool and to be able to pedal with comfort and performance, without extra pains.

When we talk about ideal model, we don’t mean a specific model, but, within your possibilities, the one which fits in the most with your profile. It’s important to take in consideration each ones form of pedaling and the relevance for each individual, after all, it’s all about the symbiosis between human and machine.

Specialized has three lines that are recommended for long distance races; Tarmac, Roubaix and Allez. So what are the main differences in between them?

Tarmac: Composite of eight different models, between male and female, this bike has reached victories in the three grand tours, it’s the machine chosen by the charismatic three times champion Peter Sagan. Tarmac has a more aggressive conduction, quick responses, specialized in climbing and high performance in curves, it’s performance has a bigger weight than it’s comfort, material and technology, differentiating the compounds per model, high end version S-Works Tarmac Sagan Superstar.

Roubaix/Ruby: The one-day race Paris-Roubaix, that takes part in the north of France, is famous for it’s stone streets, in which the competitors suffered tremendously. This model primes for it’s high tech in materials and performance, but essentially for the comfort while cycling, it’s prime objective is impact absorbance (Future Shock) allowing a smoother ride, but without losing too much performance, and endurance bike, Mclaren high end version, a masterpiece with lot’s of technology and gadgets.

Allez: The Allez family is one of the most traditional within Specialized. Available in Brazil in five different versions and one frame, it’s the result of years of experience with aluminum, making the material much more confortable and considerably more rigid, the model stands between performance and comfort. Its highlight bike is the Sprint, with DWS technology, positioning the weld in the proper place.
Besides all this technology, the bikes are incredibelly beautifull. Now, the biggest problem is which one of those to choose from to position yourself at the star line for GFNY Brasil 2018.

Tarmac 2018
SW Etap Carb
WMN SW
Men SW S16 Ultra Light
Ruby Elite
Allez

2 respostas para “Qual bicicleta Specialized escolher? /Which Specialized bike to choose?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *